6137236716_db7bbe957e_b 6 de março de 2013

Marca de esmaltes coleta embalagens e transforma em fonte de energia

O descarte adequado dos vidrinhos de esmaltes proporcionará benefícios ambientais importantes //Leia Mais

No começo deste ano, a Risqué iniciou um pequeno projeto de coleta e descarte de embalagens de esmalte pós consumo. Chamada de “Sustentabilidade em Nome da Moda”, a iniciativa acontece em São Paulo dentro de algumas lojas da Ikesaki.

Para a retirada, a marca desenvolveu um sistema: coletores em formato dos tradicionais vidrinhos da marca, com capacidade para 750  embalagens cada.O descarte adequado dos vidrinhos de esmaltes proporcionará benefícios ambientais importantes. O material recolhido será coprocessado e transformado em fonte de energia para a indústria de cimento, reduzindo o impacto ambiental causado pelo uso de aterros sanitários”, afirma Patricia Peters, Diretora de Qualidade, Meio Ambiente e Assuntos Regulatórios Divisão Consumo  da Hypermarcas.

A estimativa na fase de implantação do projeto é que cerca de 150 kg de embalagens de esmaltes sejam coletadas por mês. O trabalho, mesmo que ainda de formiga, indica que cada vez mais as empresas têm se engajado na preservação do meio ambiente. Torcemos para que o projeto cresça e alcance todo o Brasil.

Veja endereços para o descarte aqui.

Imagem: Lelê Breveglieri via Compfight cc